FORNADAS TODAS TERÇAS-FEIRAS RETIRADAS NAS QUARTAS.

Cientistas desaconselham dieta sem glúten a pessoas não celíacas

Um estudo científico divulgado na semana passada no Reino Unido desaconselha pessoas não celíacas a fazerem uma dieta sem glúten, por se privarem sem necessidade de alimentos benéficos para a saúde. A equipe dirigida por Andrew T. Chan, da Escola de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos, aponta que o consumo de glúten não aumenta o risco de doenças cardiovasculares em pessoas não celíacas. Pelo contrário, os cientistas ressaltam que as pessoas que não sofrem de doença celíaca e mesmo assim evitam o glúten podem acabar prescindindo de alimentos que reduziriam o risco de doenças, como os grãos integrais de trigo, cevada, aveia e centeio. Por esse motivo, os especialistas afirmam que "não se deve promover uma dieta sem glúten entre pessoas sem doença celíaca", no artigo publicado na revista médica "British Medical Journal". Endocrinologista Marise Lazaretti Castro comenta sobre moda de tirar glúten da dieta Glúten x doenças cardiovasculares A equipe de Harvard decidiu analisar a conexão entre o consumo de glúten e o desenvolvimento de doenças cardiovasculares em pessoas não celíacas, com o objetivo de comprovar a teoria de que este vínculo existe, o que levou muita gente saudável a fazer dietas sem glúten. O consumo de glúten - mistura de proteínas encontradas em cereais - provoca inflamação intestinal e é associado a um maior risco de doenças cardiovasculares nas pessoas celíacas.